A importância da limpeza de pele

Quem não gosta de ter uma pele saudável, bem cuidada e bonita, não é mesmo? Mas para que isso aconteça é necessário tomar alguns cuidados e ter frequência na higienização desse tecido. É o que vai nos explicar esteticista Alyne Rosalia de Oliveira.   A limpeza de pele é um procedimento importante para manter a beleza e saúde desse órgão tão grande. Pra quem não conhece, a limpeza de pele é um tratamento estético, geralmente realizado por esteticistas, mas que também pode ser feito por um dermatologista ou mesmo pelo paciente em casa, que tem o intuito de ajudar na remoção dos cravos, desobstruir os poros e remover as impurezas da pele.   Além de ajudar na remoção dos cravos, a limpeza de pele pode, ainda, remover os miliums, que são pequenas “bolotinhas” ou cistos originados devido ao acúmulo de seco e de pele no interior dos poros.   O Ramon Fontana que é modelo, mister Goiânia 2015, terceiro colocado no mister Goiás desse ano e estudante de engenharia civil nos contou que não abre mão das constantes limpezas de pele. “Faço esse procedimento não só por vaidade, mas também por uma questão de saúde da minha pele. Afinal mesmo os trabalhos de modelo me exigindo ter sempre boa aparência o ideal é se sentir bem consigo mesmo”, diz. “E quero deixar um recado para os homens de plantão. Limpeza de pele não é coisa de mulher não, tem que ser cabra macho para aguentar essas dores”, conta o mister.     Porque fazer limpeza de pele? Por menos que percebemos, é fato que a poluição do dia a...

Conheça sete fatores que podem provocar estrias em seu corpo

  As estrias são cicatrizes que se formam quando se dá a destruição de fibras elásticas e de colágeno da pele. Estas marcas são formadas por causa da diminuição da espessura da derme e da epiderme, que se dá quando a pele é obrigada a esticar mas depois volta a se contrair. O site Bolsa de Mulher listou os principais fatores que provocam estrias. 1. Ganho de peso excessivo. O ganho exagerado ou muito rápido de peso faz com que a pele ganhe estrias e celulite. 2. Alterações endocrinológicas e hormonais. A ausência temporária da menstruação ou definitiva, com a chegada da menopausa, também provoca estrias. 3. Gestação. As estrias são mais comuns na gravidez, uma vez que a pele se vê obrigada a esticar muito e rapidamente. Mas podem ser evitadas se a mulher mantiver uma hidratação adequada. 4. Hereditariedade. Fatores biológicos, como a qualidade e a quantidade de fibras colágenas e elastina, ou fatores genéticos, também são determinantes no que toca ao aparecimento das estrias. 5. Má hidratação. É muito importante aplicar diariamente muito creme hidratante, especialmente na barriga, seios, coxas, glúteos e nas costas. 6. Bebidas alcoólicas. O álcool em excesso faz com que o corpo produza grandes quantidades de radicais livres, que são moléculas instáveis que reagem oxidando e danificando as células. 7. Ingerir poucos líquidos. As pessoas que bebem pouca água ao longo do dia têm mais problemas de circulação e consequentemente fazem retenção de líquidos. Uma das causas destas lesões na pele. Via: Notícias ao...

Tenha cuidado com a esfoliação caseira

Uma esfoliação caseira pode ser a receita para deixar a pele lisinha e mais macia. Porém, de acordo com os especialistas, o procedimento deve ser feito com cuidado. “Movimentos vigorosos podem machucar a pele”, alerta Lilia Guadanhim, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Cuidados com a esfoliação caseira A é um processo fisiológico de eliminação das células mortas da epiderme. “Ela pode ser estimulada por processos químicos ou mecânicos”, explica a médica. Ótima para quem apresenta pele oleosa e com tendência a acne, ela ajuda a acelerar o processo de descamação, diminuindo os cravos e suavizando o aspecto da cútis. Os produtos escolhidos para uma esfoliação caseira, assim como afrequência de aplicação, devem ser recomendados por um dermatologista, pois as soluções variam de acordo com o . Em geral, uma tez ressecada pode ser esfoliada quinzenalmente, enquanto quem apresenta oleosidade pode realizar a técnica toda semana. Vale lembrar que os produtos recomendados para o corpo nem sempre são tolerados pela face. Eles costumam ser mais agressivos e podem machucar a pele delicada. Ao escolher os cosméticos para o procedimento, respeite as indicações do dermatologista. Já as versões caseiras, apesar de eficazes, são apenas um quebra-galho . Em alguns casos, podem inclusive trazer consequências ruins. Uma das escolhas perigosas é o limão. Se não for adequadamente removido da pele e houver exposição ao sol, ele pode acarretar manchas que demoram bastante para sumir. Faça a sua esfoliação caseira Entre tantas receitas de esfoliação caseira, você nem sempre sabe qual escolher, né? Para acabar com as dúvidas, vale seguir a sugestão da dermatologista. Lilia recomenda o uso de açúcar, mel e...

Mitos e verdades sobre a celulite

Muito se diz sobre a “bruxa má” que é a celulite, mas sobre o que é, o que faz, e como se livrar dela eficazmente (a parte mais importante), pouco ou nada se sabe. Então, antes de se culpar todos os dias, ou gastar fortunas em cremes e tratamentos, fique a conhecer os 15 mitos e verdades sobre a celulite: 1 – A celulite é causada por toxinas do corpo – MITO Alguns produtos usados para combater a celulite indicam que ajudam a remover as impurezas e as toxinas do corpo. Mas nem a eficácia, nem as  alegações dos produtos são verificadas pela ciência. A celulite ocorre quando os ‘depósitos de gordura’ começam a empurrar as camadas de fibras de colagénio e tecido conjuntivo sob a pele (geralmente nas nádegas e área da coxa, mas também nos braços e barriga) O tecido conjuntivo  (grupo de tecidos orgânicos responsáveis por unir, ligar, nutrir, proteger e sustentar os outros tecidos) pode ser enfraquecido por falta de exercício e tensão muscular, ou excesso de gordura e má circulação. 2 – As mulheres têm mais celulite do que os homens – VERDADE As mulheres tendem a acumular mais gordura em torno dos quadris e coxas. Têm também o tecido conjuntivo menos favorável a manter tudo no lugar. Estima-se que apenas 10% dos homens sofram de celulite. 3 – A celulite piora com a idade – VERDADE As hormonas também desempenham um papel no aparecimento da celulite: quando as mulheres envelhecem, os corpos produzem menos estrogénio, uma hormona que ajuda a manter os vasos sanguíneos a fluir normalmente. Menos estrógeno pode significar circulação mais...

Os benefícios da depilação a laser

Quem gosta de ter a pele sempre lisinha sabe: mantê-la assim dá trabalho. Por isso, escolher o método certo na hora de dar adeus aos pelos deve ser sinônimo de um olhar atento sobre os tipos de depilação oferecidos. Para quem é mais prático e precisa daquela depilação descompromissada e mais rapidinha, há sempre a boa e velha lâmina. Mas para os mais perfeccionistas que procuram um efeito de longo prazo, a moderna depilação a laser poder ser a melhor alternativa. A depilação a laser além de ser mais eficaz quando comparada a outros métodos, é também um ótimo tratamento para pelos encravados, apenas requer manutenções entre longos períodos, que podem chegar a levar anos. A irritação na pele quando os pelos voltam a nascer é algo que, com o método a laser, apresenta uma melhora sensível. Esse tipo de depilação, deve ser feita em locais com profissionais capacitados, é uma das mais seguras maneiras de retirar os pelos. Por precisar de poucas sessões de manutenção, o custo-benefício é algo a se destacar e o resultado é uma pele mais lisa e macia. Há quem diga que este é o método no qual se sente menos dor. Mas a qualidade do resultado e a economia de tempo de quem opta pela depilação a laser é o que mais chama a atenção para o método. Depois de algumas sessões, o crescimento dos pelos se torna mais lento, fazendo com que a depilação mensal não seja mais necessária. Com informações de: Mulher...

Por que temos e como evitar as olheiras

Escuras, inchadas, profundas. Basta uma noite mal dormida e lá estão elas: as olheiras. Entretanto, apesar de serem mais comumente associadas a maus hábitos noturnos, essas “manchas” que se formam ao redor dos olhos podem ter várias causas atreladas a sua origem. A resposta para o senso comum que relaciona as olheiras ao cansaço está na espessura da pele na região dos olhos: ela é extremamente fina (0,5mm de espessura. No resto do corpo, a pele mede aproximadamente 2mm), por isso, o fluxo sanguíneo é mais visível. E quando o corpo está operando com baixa energia, a produção de cortisol aumenta sensivelmente para recompensar a energia que falta. Esse esforço faz com que o volume de sangue se expanda exigindo a dilatação dos vasos. Essas causas, no entanto, não atravessam somente situações de estresse e insônia. A melanose periorbital (nome científico) agrega à lista de precedentes vários outros inimigos de quem quer evitá-las: o tabagismo, o envelhecimento, problemas na tireoide, alguns medicamentos, a genética, esfregar os olhos exageradamente, diabetes, dormir de bruços frequentemente, doenças do fígado, entre outros. Como você já deve ter percebido, nem sempre é fácil detectar as causas exatas de suas olheiras. Mas existem dicas de hábitos e procedimentos que podem ajudar a amenizá-las ou mesmo torná-las quase imperceptíveis. Há receitas caseiras como usar suco de pepino e saquinhos de chá de camomila ao redor dos olhos, ou mesmo métodos como aplicar cremes que estimulam a produção de colágeno e o Peeling, procedimento oferecido pela Contorne que também ajuda a combater as olheiras com eficiência.   Com informações...

Benefícios da couve

Hoje vamos conhecer os fantásticos benefícios da couve. A couve é uma hortaliça muito rica em minerais (cálcio, ferro e fósforo) e vitaminas (A, complexo B e C). Ela é excelente para combater problemas digestivos, enfermidades do fígado, cálculos renais, menstruação dolorosa, artrite, bronquite, além de curar úlceras estomacais. A couve pode ainda ser utilizada para evitar ressacas, aliviar a prisão de ventre (devido ao seu alto teor de fibras), evitar a má disposição e aliviar dores causadas pelas úlceras gástricas. A couve é depósito formidável de iodo, devendo ser consumida regularmente por portadores de bócio ou papeira — doença originariamente produzida por deficiência na ingestão deste mineral. O iodo da couve é constituinte essencial da glândula tireóide, participando na produção diária dos hormônios tiroxina (T4) e triodotironina (T3). Contém fibras que aumentam a nossa sensação de saciedade. É pobre em calorias e por isso, ela é muito utilizada em dietas para redução de peso. Ela é rica em glicosinolatos, que são fitoquímicos naturais com ação desintoxicante. Ou seja, estimula a limpeza de substâncias tóxicas do organismo. Reduz o inchaço e melhora a textura da pele, principalmente da acne. É rica em vitamina A (RE), que age como um antioxidante. Os antioxidantes são responsáveis por combaterem os radicais livres que estão associados ao envelhecimento precoce da pele. Deixa seus ossos mais fortes: a couve é rica em magnésio e cálcio na proporção ideal. Para melhorarmos a densidade óssea não basta somente o cálcio, precisamos também do magnésio (sem o magnésio o cálcio não exerce função dentro do osso) O magnésio da couve é fundamental para a formação e o...

Ânsias X deficiência em nutrientes

Ânsias X deficiência em nutrientes O desejo por um tipo de comida significa que eu sou deficiente em nutrientes específicos? Se você está desidratado, sensação de sede é a forma do seu corpo estimulando-o a beber água. Se você está cansado, com sono é a forma do seu corpo irá pressioná-lo para dormir. Nossas vidas são cheias de diferentes situações em que nossos corpos têm uma necessidade física, o que se traduz em um desejo ou compulsão para concluir uma ação que atenda a essa necessidade. Mas será que estes mecanismos que se traduzem em desejos de comida são deficiências de nutrientes? Não é verdade.  Enquanto seu corpo pode persuadi-lo a beber H2O quando desidratado, não pode exortá-lo a comer mais amêndoas quando você precisa de magnésio ou um hambúrguer, se você precisar de mais ferro. Uma das razões tem a ver com a mutação dos alimentos.  A água não mudou desde o início dos tempos, mas as nossas fontes de magnésio (acho amêndoas crescendo em uma árvore contra em um recipiente no supermercado) têm variado muito na aparência, sabor e textura ao longo do tempo. E o seu “cérebro de lagarto” (a parte mais primitiva do cérebro) não pode manter-se com estas mudanças. A outra razão mais importante diz respeito à complexidade de sinais que conduzem os desejos de comida ou fome simplesmente, que pode ser difícil de destrinçar. Existem dois tipos diferentes de fome: fisiológicas e orientado a recompensa. Fome fisiológica ocorre porque seu corpo realmente precisa de calorias para manter-se , enquanto a fome orientado a recompensa ocorre para menos razões físicas, como quando você sentir...